Rede de tubos metálicos

Teste de Estanqueidade

O teste de estanqueidade é o processo utilizado para checar se há ou não, a existência de um vazamento de gás na tubulação residencial ou comercial. Por meio da pressurização da tubulação com ar comprimido, o técnico analisa se, durante um período de tempo, ocorre a perda de pressão. Ainda por cima, com a ajuda de um manômetro – equipamento utilizado para medir pressão -, é possível verificar a quantidade de vazamento em litros/hora.
Normalmente, esse teste dura cerca de duas horas e, em suma, funciona para confirmar a segurança da instalação de equipamentos a gás.

O que é um teste de estanqueidade?

Por que fazer o Teste de Estanqueidade?

É comum as pessoas acharem que não é necessário testar as tubulações somente por não sentirem o cheiro de gás no ambiente. Porém, infelizmente, a maioria dos acidentes envolvendo gases são causados por vazamentos não detectados previamente.
Isso pode acontecer pois muitas tubulações construídas sem apoio de um profissional qualificado, acabam sendo instaladas de forma equivocada. Ou seja, elas passam por dentro de forros de gesso e outros ambientes inapropriados, podendo confinar o gás.
Deste modo, a simples ação de ligar uma lâmpada pode provocar um grave acidente, colocando em riscos vidas humanos e causar danos materiais.

teste-de-estanqueidade.png

O teste é exigido pelo corpo de bombeiros

Algo que nem todo mundo sabe, mas é importante: o teste de estanqueidade é exigido pelo corpo de bombeiros para liberar o alvará de funcionamento de condomínios, comércios, ou qualquer estabelecimento que faz uso de gás encanado.

Qual é a validade do teste de estanqueidade?

Seguindo a norma NBR 15358, a inspeção deve ser realizada em períodos máximo de 12 meses. Caso a tubulação sofra algum dano, ou haja suspeita de vazamento, o teste pode ser feito em um intervalo menor de tempo.

Norma do teste de estanqueidade

Norma NBR 15358 (Redes de Distribuição para Gases Combustíveis em Instalações Comerciais e Industriais – Projeto e Execução) – 4.3 Inspeção Periódica (para estabelecimentos comerciais e industriais):
 
”A inspeção periódica deve ser realizada em períodos máximos de 12 meses, podendo variar para menos em função de riscos decorrentes das situações construtivas e de uso de acordo com avaliação e registros realizados pelo responsável da inspeção.”
 
Por outro lado, a Norma NBR 15526 (Redes de distribuição interna para gases combustíveis em instalações residenciais e comerciais — Projeto e execução) – 4.6 Inspeção periódica (para estabelecimentos residenciais), diz:
 
“Recomenda-se que sejam realizadas inspeções periódicas na rede de distribuição interna. Caso sejam realizadas, recomenda-se que sejam realizadas em períodos máximos de cinco anos, ou de acordo com definição da autoridade competente, podendo variar para menos em função de riscos decorrentes das situações construtivas e das condições ambientais.”

Excelentes Avaliações no Google e Habitissimo
melhor-empresa-de-instalacao-de-gas.png
empresa-credenciada-instalacao-de-gas.pn
faça o seu Orçamento
  (11) 4576-7502